Mediação

MEDIAÇÃO

A mediação pode ser definida como um meio adequado e multidisciplinar de resolução de conflitos ou alternativo ao Poder Judiciário, no qual há a participação de uma terceira pessoa imparcial, chamada de mediador, que não possui vínculos nem interesses com as partes envolvidas.

Segundo o parágrafo único do artigo 1º da Lei de Mediação (Lei nº 13.140/2015), considera-se mediação a atividade técnica exercida por um terceiro imparcial sem poder decisório, que, escolhido ou aceito pelas partes, as auxilia e estimula a identificar ou desenvolver soluções consensuais para a controvérsia.

VANTAGENS DA OPÇÃO DE MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM

Pode-se dizer que a mediação apresenta vantagens que incluem desde a agilidade na resolução do conflito, a confidencialidade, a flexibilidade e a informalidade de seu procedimento até a manutenção da relação entre as partes.

Além disso, possui um custo mais baixo e permite a previsibilidade de recursos que serão utilizados, na medida em que as partes dispõem de maior controle sobre o procedimento e podem ter suas necessidades específicas adequadas com maior facilidade. 

E por fim, a maior vantagem da mediação é a redução do desgaste emocional das partes envolvidas no conflito, vez que a técnica utilizada facilita a comunicação entre os lados da disputa, possibilitando a melhoria do relacionamento entre eles, ou pelo menos, evitando sua deterioração.

PRINCÍPIOS ORIENTADORES DA MEDIAÇÃO E DA ARBITRAGEM

Núcleo Paulista


EDIFÍCIO PATRIMÔNIO
Avenida Paulista, 509, conj. 814 – Paraíso – São Paulo/SP – CEP: 01311-000
11 3285-0401 / 11 3266-4200
contato@nucleopaulista.com.br



Núcleo Paulista de Mediação e Arbitragem l Todos os Direitos Reservados